O Segundo Reinado

O golpe da maioridade: Quando os liberais perderam nas eleições para regência uma, decidiram-se por apoiar a ascensão de Dom Pedro ao trono. Assim ,aos 14 ano, Pedro II assumiu o trono do Brasil em julho de 1840.

Mudanças políticas: Todo o aparelho administrativo e judiciário voltou as mãos do governo central, com exceção dos juízes de paz. Mas estes perderam importância em favor da polícia. Começou a funcionar um sistema de governo assemelhado ao parlamentarismo inglês, apesar da manutenção da Constituição de 1824. A diferença desse parlamentarismo era que o rei tinha poder sobre o parlamente.

Revoltas: Revoltas liberais lideradas por proprietários rurais eclodem em 1842 em São Paulo e Minas Gerais se estendendo ao Vale do Paraíba.

Revolução Praiera: Ocorreu em 1848, sua denominação deriva do Diário Novo, jornal liberal cuja sede ficava na Rua da Praia, em Recife. Apesar de ser alimentada por crítica social e idéias socialistas, a Revolução Praiera não era uma revolução socialista. Teve como base senhores de engenho ligados ao partido liberal que se queixavam da perda de poder para os conservadores. No núcleo urbano sustentava um programa favorável ao federalismo, à abolição do Poder Moderador, à expulsão dos portugueses, à nacionalização de seu comércio e pela defesa do sufrágio universal, admitida idade mínima.

Os partidos imperiais: Muitos contemporâneos afirmam não haver grande diferença entre os conservadores, coalizão de proprietários rurais e burocratas do governo defensores da centralização, com maior força nas províncias de Bahia e Pernambuco, e os liberais, que reunia proprietários rurais e profissionais liberais de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, que defendiam a descentralização, as liberdades individuais e representação política dos cidadãos. Esses contemporâneos defenderiam que chegar ao poder significava obter prestígio e benefícios para sua gente e não alcançar objetivos ideológicos.

O movimento republicano: Em torno de 1870, principalmente em São Paulo, as transformações socioeconômicas  haviam gerado uma classe baseada na produção cafeeira que assumiu com toda a conseqüência a descentralização. Ao mesmo tempo, em grupos sociais diversos, como essa burguesia cafeeira e a classe média urbana, surgia convicção nova. Ela consistia na descrença de que reformas descentralizadoras e a ampliação de representação política pudessem ocorrer nos quadros da Monarquia. Nascia assim o movimento republicano.

About thismaybeme

read the blog :P
This entry was posted in História and tagged , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s