Excreção

Em invertebrados aquáticos e peixes ósseos: amônia, muito tóxica e solúvel.

Anfíbios adultos, peixes cartilaginosos e mamíferos: uréia, menos tóxica e solúvel

Ovíparos terrestres: ácido úrico,pouco tóxico e solúvel.

Peixes ósseos de água doce

O meio interno é hipertônico em relação ao meio externo,  a água entra por osmose. Por isso, esses urinam em grande quantidade e baixa concentração, absorvendo sais ativamente pelas brânquias e não bebem.

Peixes ósseos de água salgada

O meio é hipertônico, o peixe perde muito água. Logo, urina muito pouco e com alta concentração, bebe água do mar e excreta sais ativamente pelas brânquias.

Peixes cartilaginosos

O tubarão, por exemplo, acumula uréia em grandes concentrações nos tecidos, mantendo-se isotônicos em relação ao meio. Esse mecanismo é denominado uremia fisiológica, por esse motivo, esses peixes excretam uréia e não amônia.

Sistema Excretor Humano


Suprarrenais: O córtex libera aldosterona, que induz a reabsorção ativa de sais da urina para o sangue nos túbulos contornados e na alça de henle, cortisol e adrenalina.

Rins: É onde se forma a urina através da filtração, reabsorção e secreção tubular.

Ureter: Conduz a urina para a bexiga.

Bexiga: Armazena a urina.

Uretra: Libera a urina.

Rins:

O néfron e a formação da urina

Filtração: Através da artéria renal o sangue chega aos rins. A ramificação dessa artéria culmina na formação do glomérulo de malpighi, enovelado de capilares abrigado pela cápsula de Bowman. Elementos figurados e proteínas de alto peso molecular permanecem no sangue. As demais substâncias serão filtradas, passarão para o interior da cápsula de Bowman e formarão o filtrado glomerular.

Reabsorção: Nos túbulos e na alça de henle, a aldosterona induz a reabsorção de sais por transporte ativo, tornando a pressão osmótica dos capilares maior do que a dos túbulos. O ADH atua sobre proteínas da membrana regulando a reabsorção de água por osmose. Outras substâncias úteis, glicose, nutrientes, vitaminas, são reabsorvidos por difusão ou transporte ativo.

Secreção: Íons de hidrogênio, para evitar a acidez do sangue, e outras substâncias, como potássio, amônia ou substâncias tóxicas são secretadas diretamente dos capilares em direção aos túbulos. Esta formada, portanto a urina.

Excreção: A urina passa pelos túbulos coletores, que formam o bacinete, em direção ao ureter.

 

About thismaybeme

read the blog :P
This entry was posted in Biologia and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s